Esqueceu a password? clique aqui Voltar para login
Login com o Google
Login com a Apple
Não tem conta?
Criar conta
Fechar

Guia para o mercado de cartões

Dicas
1 de Setembro, 2022

Bem-vindo ao mundo louco dos cartões

Guia para o mercado de cartões

Bem-vindo ao mundo louco dos cartões.

Eu acredito que nunca mais irão ver um jogo de futebol da mesma maneira!

Continua a ser um mercado em evolução e algumas casas de apostas não o valorizam. Mesmo aquelas que oferecem diferentes mercados e é por isso que acredito que temos aqui por vezes oportunidades únicas!

Comecei por estudar o mercado de cartões há sensivelmente 4 anos, e desde aí, é dos mercados que mais lucro me dá.

A maioria das linhas está em torno da marca de 5/6, então precisamos de conseguir uma taxa de acerto de 60% para ganhar dinheiro, se apostar em odds a rondar a cota 2,00.


Um desporto que vive da emoção !!

O futebol e as culturas emocionais são um diferenciador significativo para este mercado.

Olhando para o que é uma simulação, por exemplo, é desaprovada no Reino Unido, mas é aplaudida em países como Espanha e Itália.

Consequentemente, é um longo caminho para explicar por que os cartões são mais altos nas ligas latinas.

Existem diferenças culturais fundamentais entre as ligas. Os árbitros das ligas latinas são como a cultura que os rodeia, mais sangue quente. Nós vemos um jogo inglês e os árbitros são extremamente tolerantes. Na Espanha e na Itália ou em Portugal, se há uma falta, muitas vezes segue-se um cartão. Também se recebem cartões por palavras, gestos, intimidações etc.

Culturalmente, no Reino unido, por exemplo, as pessoas de ambos o clubes, preferem ver um jogo 11 contra 11, porque é assim que é o jogo, do que até mesmo ver a sua equipa a jogar contra dez. O jogo está acima do resultado.


O que podemos esperar?

Como regra geral, os árbitros escandinavos, holandeses, franceses, alemães e ingleses são mais conservadores, dando 3-4 cartões por partida, enquanto árbitros espanhóis, italianos, Portugueses, Gregos etc dão mais perto de 6-7 cartões por jogo.

Não é incomum ver 12-15 cartões dados em La Liga ou até mesmo na Grécia ou Portugal, daí serem de forma clara países a explorar neste mercado.


Os Derbis

As partidas dos Derbis costumam ser boas para muitos cartões.

O meu encontro favorito é o derbi de Sevilha entre o Sevilla e o Betis ou também o um Porto vs Benfica em Portugal. Estes podem garantir pelo menos oito cartões normalmente, sobretudo em Sevilha.

Outros derbis alvo da minha atenção são Roma vs Lazio e Genoa vs Sampdoria. Ou seja, em países onde a cultura das pessoas influencia o mercado.

No Reino Unido, os derbis de Londres entre Spurs, Arsenal e Chelsea são bons para os cartões a par dos clássicos em Glasgow, Edimburgo, Manchester e Liverpool, sendo sempre importante o árbitro de cada partida. Quais são os aspetos frustrantes dos cartões? Os 0-0s não ajudam.

Os jogos sem golos matam os cartões, presumivelmente porque as equipas perdem a intensidade, o que normalmente obtém quando um lado tem uma vantagem para proteger e o outro um resultado para procurar.


Pesquisa e trabalho de casa

A minha pesquisa geralmente consiste em vários fatores: usando a experiência de apostar em cartões durante muitos anos, analisando o árbitro, a história dos confrontos diretos e se há um padrão particular.

Para isso fui construindo a minha base de dados, e também claro as minhas fontes que fazem com que o meu “Know how” seja grande neste capitulo, também.

Ao contrário dos mercados de futebol convencionais, as linhas de cartões geralmente são colocados com atraso (às vezes apenas algumas horas antes do início de cada jogo), o que proporciona um tempo mínimo para análise e dai ser fundamental ter conhecimento claro do que estamos a fazer.

As nomeações dos árbitros são conhecidas às segundas-feiras na Inglaterra e na Espanha, enquanto que na itáliá são á quinta-feira e em Portugal no próprio dia. É frustrante para mim que os jogos espanhóis, por exemplo, sejam conhecidos 3-4 dias antes das linhas estarem disponíveis.

Por quê?


A nomeação do árbitro também é geralmente crucial.

Eu tenho como referi, uma base de dados sobre árbitros de uma média de 3,00 cartões por jogo e outros de média alta, como 9,00 cartões por jogo o que são grandes diferenças. E mesmo que esteja a ponderar apostar um over de cartões num jogo, e depois vejo que o arbitro tem uma média baixa, faz logo com que volte com a minha ideia atrás.


Outra dica

Tem havido uma tendência de árbitros novatos italianos a serem lançados ao nível da Serie A em jogos de teor pouco importante e o que faz com que se protejam mais e mostrem mais cartões.


Benefícios de cartões asiáticos

Alguns de vocês perguntam regularmente sobre a linha asiática. Em apostas com cartões, pode ser útil, pois pode fornecer algum seguro ou simplesmente melhores hipóteses.

Por exemplo, a linha normal para uma partida pode ser Under / Over 5.5 cartões, digamos, 5/6. No entanto, se a linha asiática for definida com cinco cartões, normalmente sugiro usar a linha asiática, se eu estiver a olhar para os Overs.

Por quê? Bem, ao apostar nos cartões asiáticos. Se eu apostasse em 5 cartões, veria minha aposta devolvida se exatamente cinco cartões fossem mostrados e teria lucro se seis ou mais cartões fossem mostrados. O que nos oferece maior segurança no momento de apostar.


Mercados exclusivos de cartões

A 1xbet oferece dois mercados exclusivos, que são Cartões da Segunda Parte e Entre 4-6 Cartas. Na Espanha, o número médio de cartões na segunda parte é mais de quatro historicamente, por isso é útil para apostar esse mercado.

Além disso, os árbitros gostam de manter as coisas apertadas na primeira parte, antes de o jogo se abrir.

Eu gosto do mercado Entre 4-6 Cards porque dá uma boa margem para erro. Em jogos na inglaterra, muito poucos jogos têm 7 ou mais cartões, então esse mercado dá nos um bom ângulo para explorar.


Árbitros a ter em conta em países que mencionei por ter elevada média de cartões:

Portugal – Manuel Oliveira, Helder Malheiro, Pedro Ramalho, Gustavo Correia.

Espanha – J. Munuera e P. Fuertes

Itália – Fábio Maresca e M. Irratti

Inglaterra – Peter Bankes e Mike Dean


Espero que gostem e que continuem a seguir e aproveitar todas as informações partilhadas nos nossos artigos.