Esqueceu a password? clique aqui Voltar para login
Login com o Google
Login com a Apple
Não tem conta?
Criar conta
Fechar

Gestão de Banca

Banca
17 de Setembro, 2022

A importância da Gestão de Banca?


Antes de mais de falar sobre o que quer que seja, deixem me dizer o meu conceito acerca de “banca”, que é o valor como definimos como disponível para realizar apostas.


Muitos são os que falam acerca de ter uma taxa de acerto grande, ou analisar bem, ou até mesmo entender os jogos e os mercados, mas algo que muitos se esquecem, e que aqui consegues controlar ao pormenor, é a tua banca.

Uma estratégia bem sucedida nas apostas desportivas começa com a gestão da tua banca. Para retirares um bom rendimento das apostas desportivas, deves encara-las como que se de um negócio se tratasse. E como em outros ramos de negócio, tu nunca deves colocar disponível para apostar, dinheiro que não podes gastar. Mas também não deves depender do dinheiro que hipoteticamente vais ganhar nas apostas desportivas, para superar algum tipo de dificuldade financeira, pois isso vai certamente alterar o teu perfil de apostar e alterar o teu estado de espirito e emoções, o que pode ser fatal.

Cada um pode definir o seu objectivo nas apostas desportivas, o meu é o lucro, mas existe quem o faça como lazer.


Como olho para as apostas desportivas como o meu negócio, o meu inventário é o meu dinheiro. Se fico sem dinheiro, fico sem negócio.


O que nos deve guiar nas apostas desportivas é o retorno do investimento (ROI) que é possível. E não há magia. O retorno sobre o investimento é uma função da percentagem vencedora e do valor investido. O valor investido é uma função de quantos jogos (investimentos) são apostados e quanto é aposta em cada jogo. É o mesmo que qualquer negócio.


Concretamente, o meu modo de operar é muito próprio. A estratégia que utilizo tem me levado ao sucesso ao longo do tempo e eu não vou altera-la só porque sim, o que posso fazer é potencia-la.


Explicando um pouco a minha forma de apostar:

Acho que toda a gente deve ter uma banca bem definida ao início de cada mês, e apartir desse valor, durante determinado período, executar apostas, definindo para as mesmas apostas a percentagem dessa banca (stake) que vai apostar.


Dificilmente as minhas stakes ultrapassam o valor de 5% da minha banca. Dessa forma permite me ter um controlo maior sobre o meu dinheiro. Não aconselho ninguém a fazer apostas com stakes acima dos 10% da sua banca, pois isso pode te custar te caro, pode te custar o “negócio”.